sábado, 8 de junho de 2013

1ª COPA AESC MAMAÔ SUB 17.

GRANDE FINAL DA COPA AESC MAMAÔ SUB 17, NESTE SÁBADO NÃO PERCAM VENHAM PRESTIGIAR, AESC MAMAÔ X CORINTHIANS DO BECO DISPUTAM O 3º LUGAR e a GRANDE DECISÃO VILLAGE MANGUARIBA X BARBANTE FUTEBOL CLUBE.

Em declarações à Benfica TV Antigos jogadores do Benfica elogiam Pablo Aimar

Antigos jogadores do Benfica elogiam Pablo Aimar
Facebook Twitter 
07-06-2013 18:44

Em declarações à Benfica TV

Antigos jogadores do Benfica elogiam Pablo Aimar

O antigo médio argentino do Sport Lisboa e Benfica, Pablo Aimar, despediu-se da equipa de Futebol, mas já deixa saudades, como atestam os depoimentos feitos à Benfica TV por antigos futebolistas do Clube.

O antigo jogador e treinador, Toni, atentou à beleza que o Futebol do argentino trazia aos relvados lusos. “Os jogadores que trazem magia ao Futebol, e penso que estamos a falar de alguém que deixou sempre esse perfume, deixam sempre saudades. Vimos o seu perfume no Benfica, nomeadamente na primeira época na Luz. É daqueles jogadores que não sabe jogar mal. Depois do Rui Costa, que foi um jogador esplendoroso, foi o maior talento a jogar Futebol”, considerou.

O antigo defesa central, Hélder Cristóvão, também fez questão de elogiar Pablo Aimar e até revelou um dos seus mais recentes escritos sobre o “astro”. “Tive a oportunidade de escrever na crónica que habitualmente faço para uma publicação diária que, depois de Rui Costa, Aimar seria o último grande número 10 que assistiríamos nos relvados portugueses. Aimar joga hoje com a magia com que jogavam os antigos números 10”, comparou.

José Luís foi, igualmente, jogador do Clube e colocou o médio criativo no mesmo patamar de um dos incontornáveis nomes do Benfica: Chalana. “Convém também não esquecer outro nome enorme do Futebol mundial que foi Chalana. O Aimar foi um jogador que marcou cinco épocas no Benfica. Sempre se distinguiu nos jogos, era um predestinado e uma referência do Benfica”, recordou.

A finalizar, Nelinho, elevou a classe de “el mago” e fez o paralelismo com um antigo futebolista luso. “O Pablo Aimar fazia-me lembrar o João Alves. O Aimar sempre foi um craque, tinha muita classe. Todos no Benfica têm uma grande admiração por Aimar. Marcava golos e dava a marcar. Sempre o tratámos bem no Benfica e ele merecia”, referiu.


Portugal vence Rússia e melhora situação nas Eliminatórias

Portugal vence Rússia e melhora situação nas Eliminatórias

Equipe lusa fez o seu dever de casa

O DIA
Portugal - Foi um resultado magro, mas suficiente para colocar Portugal bem na briga pela Copa do Mundo. A seleção recebeu nesta sexta-feira a Rússia pelas Eliminatórias e venceu por 1 a 0, alcançando a liderança do Grupo F com 14 pontos. Porém, os derrotados no Estádio da Luz, com 12 e que perdeu o 100% de aproveitamento e levou seu primeiro gol, ainda têm dois jogos a menos. O primeiro lugar classifica direto e o segundo disputa a repescagem.
Postiga decidiu para o time luso
Foto:  Reuters
A equipe portuguesa começou melhor e dominou a primeira etapa. O gol saiu logo no início. Miguel Veloso cobrou falta lateral e Hélder Postiga completou. Em vantagem, Portugal continuava melhor na partida e chegava bem com boas jogadas de João Moutinho e Cristiano Ronaldo.
Na segunda etapa, o atacante do Real Madrid teve duas boas chances de ampliar, mas acabou não aproveitando. No fim da partida, a Rússia até ameaçou, mas Rui Patrício fez boas defesas e garantiu o resultado.


    Thiago Silva e Lucas: inimigos íntimos da seleção francesa

    Thiago Silva e Lucas: inimigos íntimos da seleção francesa

    Arma de Felipão para bater a França, dupla defende o PSG

    ANA CARLA GOMES
    Rio Grande do Sul - No último Campeonato Francês, o título do Paris Saint-Germain teve um tempero bem brasileiro, com a presença de cinco brasucas no time, entre eles o zagueiro Thiago Silva e o meia-atacante Lucas. A dupla, bem conhecida da torcida francesa, está agora a serviço da Seleção, que neste domingo enfrenta justamente os Bleus, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, no último amistoso antes da estreia na Copa das Confederações.
    Lucas descarta clima de revanche contra os franceses
    Foto:  André Mourão / Agência O Dia
    Desde janeiro atuando pelo PSG, Lucas contou ter sido bem acolhido na França.
    “É o meu segundo país, um povo que me recebeu bem. Mas o Brasil é minha pátria, que eu amo e vou entrar para defender a camisa”, garantiu o meia-atacante.
    Como torcedor, no entanto, Lucas não tem boas recordações da seleção francesa, que não perde do Brasil desde 1992, incluindo vitórias nas Copas do Mundo de 1998 e 2006.
    “A minha principal lembrança é a final da Copa do Mundo de 1998, que, infelizmente, o Brasil perdeu por 3 a 0. Lembro muito bem”, afirmou ele, negando qualquer espírito de vingança: “Mas esse clima de revanche não existe entre os jogadores, porque nós não fizemos parte daquele time e não temos culpa por aquilo. É uma nova era, uma nova etapa”.
    Destaque no PSG, o capitão Thiago Silva até despertou nesta sexta-feira a curiosidade dos jornalistas franceses que cobriam o treino dos Bleus, em Porto Alegre, e queriam informações sobre o zagueiro, que foi poupado da atividade no CT do Internacional, por conta de dores musculares.
    Juntos, Thiago Silva e Lucas - que ainda têm a companhia de Alex, Maxwell e Thiago Motta no PSG - reforçam um time de jogadores brasileiros que ficaram conhecidos da torcida francesa. A lista inclui Raí, Valdo e Ricardo Gomes, que também foram campeões pelo clube francês, na temporada 1993/1994.
    Thiago Silva é um dos ídolos do PSG
    Foto:  André Mourão / Agência O Dia
    Juninho Pernambucano virou ídolo no Lyon, onde Cris chegou a ser capitão. No mesmo time, Fred, atual camisa 9 da Seleção, atuou ao lado de Benzema, seu rival deste domingo. Os franceses também puderam ver Ronaldinho Gaúcho de perto em sua passagem pelo PSG, que agora tem um brasileiro como diretor esportivo: o ex-jogador Leonardo. Mas, domingo, o talento brasileiro estará a serviço da Seleção de Felipão.

    Crise na lateral direita abre espaço para crescimento de Jean na Seleção

    Crise na lateral direita abre espaço para crescimento de Jean na Seleção

    Volante tem atuado improvisado no Brasil

    O DIA
    Rio Grande do Sul - A versatilidade, ao mesmo tempo em que resolve a vida dos técnicos em situações extremas, pode virar um carma na carreira de um jogador, pois corre o risco, ao quebrar o galho em várias posições, de não brilhar em nenhuma delas. Jean quase caiu nessa armadilha.
    Felipão conversa com Jean
    Foto:  André Luiz Mello / Agência O Dia
    Revelado pelas categorias de base do São Paulo, o volante foi uma das revelações do Campeonato Brasileiro de 2008, titular no meio de campo da equipe paulista, que se sagraria campeã nacional. A facilidade em executar outras funções o transformou em coringa e opção constante na lateral direita. Mas o rendimento não era o mesmo de sua posição de origem, e o caminho para o ostracismo, quase inevitável. Em 2012, mudou de ares e, por empréstimo, acertou com o Fluminense.
    Mesmo sendo um dos melhores do país em sua função, Jean sofre uma grande concorrência quando o assunto é seleção brasileira. Com isso, quase sem querer, o status de polivalente falou mais alto, principalmente quando o técnico Luiz Felipe Scolari se viu com poucas opções confiáveis para a reserva de Daniel Alves, intocável com a camisa 2. Na lista de convocados anunciado pelo técnico para a Copa das Confederações, com início no próximo dia 15, Jean apareceu entre os laterais.
    Jean tem cinco convocações para a seleção brasileira e entrou em campo quatro vezes. A estreia, com Mano Menezes, ocorreu ano passado, para o Superclássico das Américas, diante da Argentina. Embora tenha sido chamado como jogador de meio de campo, entrou no segundo tempo como... lateral-direito. Este ano, para o duelo com a Bolívia, Felipão nem chamou outro destro para a posição.
    Independentemente da posição, Jean tem claro o motivo que o levou a ser escolhido para defender a seleção brasileira com Scolari:
    Minha carreira praticamente começou do zero, no ano passado, quando eu vim para o Fluminense. O clube apostou no meu futebol, me valorizou quando eu estava desvalorizado e gosto sempre de falar isso. Agora estou sendo presenteado com essas convocações", analisou em recente entrevista.

    Vasco encara o Bahia: jogo marca reencontro entre Ricardo Gomes e Cristóvão

    Vasco encara o Bahia: jogo marca reencontro entre Ricardo Gomes e Cristóvão

    Dupla brilhou no Gigante da Colina e agora cada um está de um lado

    O DIA
    Rio - Fortes emoções estão guardadas para o jogo entre Vasco e Bahia, neste sábado, às 18h30, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Além da tentativa das equipes de deixar boa impressão antes da pausa do Brasileirão para a Copa da Confederações, o duelo marcará o reencontro do ex-treinador vascaíno - atualmente no time baiano -, Cristóvão Borges, com seu eterno parceiro Ricardo Gomes, que venceu um AVC e voltou a trabalhar em São Januário quando o amigo já havia pedido demissão.
    Ricardo Gomes vai encontrar o amigo Cristóvão
    Foto:  Carlos Moraes / Agência O Dia
    Dupla inseparável há mais de dez anos, Cristóvão sempre foi o auxiliar-técnico de Ricardo Gomes. Entretanto, quando o ex-zagueiro sofreu um AVC à beira do gramado no clássico contra o Flamengo, em agosto de 2011, sobrou para ele a responsabilidade de liderar o grupo. Papel que cumpriu bem, já que no fim da temporada ambos foram eleitos os melhores técnicos daquele Brasileiro.
    A queda de rendimento do time no segundo semestre do ano passado custou a saída de Cristóvão Borges do comando em setembro. De lá para cá, o treinador ficou parado até assumir o Bahia mês passado. Já o Vasco afundou em uma crise financeira e mudou de técnico três vezes, mas vislumbra dias melhores.
    Cristóvão Borges ganhou projeção pelo Vasco
    Foto:  Divulgação
    Cristóvão não esconde a ansiedade pelo reencontro com o clube e com Ricardo Gomes, que voltou a trabalhar como diretor-técnico no fim do ano passado.
    “Será a maior alegria. Estou esperando por esse reencontro, pois me remete a momentos importantes que vivi, maravilhosos, de grande emoção. Eu e Ricardo Gomes vivemos situações significativas e estou ansioso para revê-lo”.
    O respeito por Cristóvão Borges e o reconhecimento ao seu trabalho em São Januário ainda são evidentes no Vasco. Liderados por Paulo Autuori, o time, que reencontrou o caminho da vitória e está com seis pontos, entretanto, quer fechar sua participação antes da Copa das Confederações com mais um bom resultado para vencer a desconfiança.
    “O Vasco tem de pensar grande e quero todo mundo com esse pensamento. Temos de enfrentar os problemas de frente e buscar o nosso espaço no Campeonato Brasileiro”, declarou Autuori.


      Fluminense convive com cobiça em seus jogadores

      Fluminense convive com cobiça em seus jogadores

      Berna, Gum e Carlinhos despertam interesses de rival e do mercado europeu

      MARCELO BERTOLDO
      Rio - A perda da invencibilidade para o Coritiba não preocupou tanto os tricolores quanto a possibilidade de o Fluminense sofrer outras baixas na sequência do Campeonato Brasileiro. Embora a venda de Wellington Nem para o Shakthar Donetsk esteja ameaçada por causa de dívidas fiscais milionárias do clube, mais três titulares são alvos nessa janela de transferência. Ricardo Berna foi sondado pelo arquirrival Vasco, enquanto Gum e Carlinhos são cobiçados pelo mercado europeu.
      Carlinhos é cobiçado pelo Galatasaray
      Foto:  Divulgação
      Em alta, o lateral-esquerdo está na mira do futebol turco desde o ano passado. Oficialmente, o Fluminense não foi procurado, mas a expectativa é a de que o Galatasaray formalize uma proposta nas próximas semanas. Com contrato até 2014, Carlinhos está feliz nas Laranjeiras, mas condiciona sua permanência a uma série de fatores. Um aumento salarial já é estudado.
      “Existem muitas especulações, mas tenho objetivos no Fluminense. Consegui alguns, mas ainda tenho outros. Tenho contrato até 2014 e gostaria de cumpri-lo. Minha vontade é continuar, gosto do clube. Mas não depende só de mim. Há várias outras coisas que, às vezes, tenho de pensar também”, disse Carlinhos.
      Embora tenha recuperado a vaga de titular há poucas partidas, Gum não perdeu o prestígio no mercado. No desembarque de Curitiba, o zagueiro revelou sondagens. Clubes da Rússia e da Turquia estão entre os interessados. Concentrado na luta pelo pentacampeonato brasileiro do Fluminense, Gum reitera a vontade de ficar.
      “Sinceramente, sempre recebi propostas, mas permaneci. Estou feliz no Fluminense. Meu pensamento é ajudar o clube a buscar o título brasileiro. Se vier uma proposta boa e o clube tiver interesse de me vender, é outra conversa. Mas minha vontade é permanecer”, disse Gum.
      Ricardo Berna é a bola da vez. Com contrato até dezembro, o goleiro não descarta sua saída. Na mira do Vasco e do Vitória, Berna tem a possibilidade de sair da sombra de Diego Cavalieri e chegar com status de titular em um grande clube da Série A do Brasileiro.
      “Sei que há o interesse (do Vasco), mas não houve um contato formal. Estou concentrado nos próximos dois jogos que serão importantes para a sequência do Fluminense no Brasileiro”, disse o goleiro tricolor.


        Flamengo encara o Criciúma e tenta fugir da zona da degola

        Flamengo encara o Criciúma e tenta fugir da zona da degola

        Com interino, Fla busca superar problemas extracampo

        VITOR MACHADO
        Santa Catarina - Totalmente sem comando, o Flamengo precisa vencer o Criciúma, neste sábado, às 16h20, no Heriberto Hulse, para não correr o risco de passar todo o mês junho na lanterna do Brasileiro. Além de não ter técnico - Jorginho foi demitido e a diretoria tenta contratar Mano Menezes sem, por enquanto, ter um plano B -, o time deve se despedir nas próximas horas do diretor de futebol Paulo Pelaipe, cuja demissão está praticamente decidida. Jaime de Almeida comandará a equipe nesta tarde.
        Flamengo tenta diminuir a crise no clube
        Foto:  Divulgação
        Mano Menezes é o nome da diretoria. Mas o Flamengo pode não ser o clube que o treinador sonha em dirigir. Com a diretoria rubro-negra disposta a fazer um esforço financeiro, o maior empecilho passa a ser a desconfiança do ex-técnico da Seleção quanto à qualidade do elenco que assumiria caso aceitasse o convite, somada à baixa perspectiva de receber reforços de peso.
        Contra Pelaipe, pesa a frustração da diretoria com alguns reforços, como Carlos Eduardo, que chegou para ser o novo camisa 10 e nunca se firmou no time. O diretor também não tem bom relacionamento com os jogadores, principalmente por causa de seu temperamento oscilante e explosivo. Ele e o vice de futebol, Wallim Vasconcellos, preferiram se manter em silêncio, que deve ser quebrado neste sábado.
        Nesta sexta, antes do treino comandado por Jaime no Centro de Treinamento do Figueirense, Pelaipe e o treinador se reuniram com os jogadores para uma palestra motivacional. A falta de confiança dos jogadores já era motivo de preocupação para o departamento de futebol. Agora, com todos esses os problemas extracampo, existe o temor de que o time não consiga reagir e emplaque a quinta rodada sem vitória no Brasileiro.


          Botafogo enfrenta a Ponte e vai em busca de meta traçada por Oswaldo

          Botafogo enfrenta a Ponte e vai em busca de meta traçada por Oswaldo

          Técnico quer terminar 'primeira fase' do Brasileiro no G-4

          FABIO FALCÃO CAZES
          Rio - O Botafogo encara a Ponte Preta neste sábado, às 21h, no Moisés Lucarelli, em busca do objetivo traçado pelo técnico Oswaldo de Oliveira no início do Brasileiro: passar o período de paralisação para a Copa das Confederações no G-4. Depois de perder a invencibilidade de 19 partidas e desperdiçar a chance de assumir a liderança, o Alvinegro tem a possibilidade de se recuperar e, com a vitória, subir à zona de classificação para a Libertadores.
          Oswaldo tem objetivo a atingir antes da pausa do Brasileiro
          Foto:  Divulgação
          “Temos que encarar todos os jogos com muita seriedade, mas esse, por ser o último desta ‘primeira fase’, será a chance final de somarmos três pontos. Então, faremos todo o possível para nos mantermos na parte de cima da tabela”, disse o treinador.
          Em razão do pouco tempo entre a derrota para o Bahia e a partida de logo mais, os titulares não foram a campo nos últimos dois dias - houve apenas trabalho regenerativo na academia.
          “Seria muito desgastante fazer uma atividade. Repetimos a conduta que tivemos entre as partidas contra Santos e Cruzeiro. Faz parte do nosso procedimento para recuperar os jogadores”, explicou o comandante alvinegro, que repetirá a escalação da equipe, derrotada pelo Tricolor baiano na última rodada.
          Diferentemente da estreia no Brasileiro, contra o Corinthians, a delegação do Botafogo viajou para Campinas na noite desta sexta, onde ficará concentrada até a hora do jogo. Apesar dos salários atrasados, os jogadores analisam cada partida individualmente e decidem se haverá concentração - se acharem que não corre o risco do rendimento da equipe ser prejudicado, ela é descartada.
          Enquanto o Alvinegro vai a campo com os mesmos titulares da última rodada, a Ponte Preta sofrerá muitas mudanças. A principal delas é a de treinador. Guto Ferreira foi demitido após a derrota para o Atlético-PR, no meio da semana, e o auxiliar Zé Sérgio comandará o time de Campinas, que está perto do acerto com Silas, que deixou o Náutico na penúltima rodada.


            Grátis: Leci Brandão fará show na Feira das Yabás neste domingo

            Grátis: Leci Brandão fará show na Feira das Yabás neste domingo

            Cantora será a grande atração do evento promovido por Marquinhos de Oswaldo Cruz

            O DIA
            Rio - Leci Brandão será a grande atração da 16ª edição da Feira das Yabás, que acontecerá neste domingo, dia 9, em Oswaldo Cruz, na Zona Norte. Cria da ala de compositores da Mangueira, Leci estará ao lado de Marquinhos de Oswaldo Cruz, idealizador do evento, para agitar ainda mais a roda de samba. Com mais de 40 anos de carreira, ela lembrará sucessos como "Zé do Caroço", "Eu só quero te namorar" e "Isso é fundo de quintal".
            Na Praça Paulo Portela, a feira se instala todo segundo domingo do mês. São as matriarcas das famílias mais importantes e tradicionais da região de Oswaldo Cruz, que apresentam suas delícias em 16 barracas, cada uma com uma opção diferente de comida.
            Leci Brandão é uma das sambistas mais importantes do Brasil
            Foto:  Divulgação

            Cardápio variado
            Com ingredientes como aipim, jiló e frutos do mar, as comidas e petiscos servidos pelas Yabás remetem à influência africana na culinária brasileira. Em sua barraca, Tia Surica (baluarte da Velha Guarda) oferece mocotó e aipim com carne-seca; entre as refeições mais concorridas está a rabada com batata da Dona Neném, a mais velha das tias, com 87 anos, que também prepara rabada, angu e bolinho de abóbora recheado com carne-seca.
            Neide Santana serve feijoada de camarão, angu à baiana e feijão amigo. Na barraca da Jane Carla (viúva de Luiz Carlos da Vila) é vendido cozido de peixe e frutos do mar; a barraqueira Romana vai de jabá e caldinhos de mocotó, feijão e ervilha; bobó de camarão é o prato da Jussara; Selma Candeia (filha do sambista Candeia) oferece abóbora com carne seca; já a combinação de peixe frito, molho de camarão, pirão e arroz é responsabilidade da Tia Nira; Tia Edith apresenta macarrão com carne assada; Vera Caju mostra o seu cozido, camarão frito e caldo de abóbora; Rose serve a deliciosa galinha com quiabo, e Jane Pereira mostra o jiló frito, além de caldos e canjas.
            Rosângela Maria leva a tripa lombeira e bolinho de bacalhau pra Feira; Marlene apresenta roupa velha e feijoada; Tia Natércia e Sueli vão de vaca atolada, bolo de aipim e carne com aipim. Para arrematar, a barraqueira Vera de Jesus prepara doces deliciosos. Os preços das refeições ficam em torno de R$ 15.
            Serviço:
            Feira das Yabás com show de Leci Brandão. Domingo, dia 9, a partir das 13h. Praça Paulo Portela, Oswaldo Cruz. Evento gratuito


              CCC e Escola de Manoel Dionísio inauguram o Museu do Samba Carioca

              CCC e Escola de Manoel Dionísio inauguram o Museu do Samba Carioca

              Espaço na Mangueira celebra e divulga cultura do Carnaval

              O DIA
              Rio - De uma iniciativa em prol da cultura e do Carnaval nasce um novo ponto turístico para a cidade: o Museu do Samba Carioca. Criado através da parceria entre o Centro Cultural Cartola e a Escola de Mestre-Sala e Porta-Bandeira Manoel Dionísio, o espaço conta a história do samba do Rio e de seus personagens em vídeos e fantasias.
              Espaço na Mangueira está aberto para moradores do Rio e turistas
              Foto:  Divulgação

              “Essa parceria da Escola de Mestre-Sala e Porta-Bandeira com o Centro Cultural Cartola, através da Nilcemar Nogueira, já existe há três anos, desde a época em que existia a lojinha no Sambódromo. Agora estamos nesse espaço, com um projeto ainda mais bonito. O Museu está ótimo e quem quiser conhecer vai gostar”, afirma Manoel Dionísio.
              O Museu do Samba Carioca funciona diariamente: segunda a sábado, das 9 às 17h; e domingos e feriados, das 9 às 14h, com entrada franca, no Centro Cultural Cartola (Avenida Visconde de Niterói, 1269 – Mangueira).
              As vendas das fantasias e souvenirs serão revertidas para os projetos sociais realizados pelas instituições parceiras.


                Aos 93 anos, Dodô da Portela ganha nova lojinha e pede mudanças na quadra

                Aos 93 anos, Dodô da Portela ganha nova lojinha e pede mudanças na quadra

                Lendária porta-bandeira faz primeira visita ao Portelão após eleição e tem recepção calorosa

                O DIA
                Rio - Tia Dodô da Portela fez, nesta quinta-feira, sua primeira visita ao Portelão após a eleição da nova diretoria. Aos 93 anos, a lendária porta-bandeira ganhou uma recepção calorosa do presidente Serginho Procópio, do vice Marcos Falcon, do diretor cultural Luis Carlos Magalhães e de integrantes de torcidas organizadas.
                Dodô foi recepcionada pelo presidente Serginho e pelo vice Falcon
                Foto:  Site Portela Web
                Com a autoridade de ser a sócia número 1 da azul e branco, a veterana recebeu o aval para ter novamente o espaço para implantação de sua lojinha, que havia sido retirada pela administração de Nilo Figueiredo para a construção da nova quadra. Na nova boutique, a veterana voltará a vender camisas da escola e pequenas lembranças para os visitantes.
                Tia Dodô também ganhou carta branca para sugerir modificações. Sem titubear, a sambista disse que a cor do palco deveria mudar, assim como a posição da Águia e o cantinho para os santos padroeiros da agremiação. Dodô pediu ainda que a diretoria volte a usar o local onde estão os bustos de Natal, Paulo da Portela e Clara Nunes como entrada principal do Portelão.
                A visita de Dodô, que chegou a ficar internada no Hospital de Acari, em maio, com desidratação, emocionou os portelenses.
                Dodô ganhou carinho do diretor cultural Luis Carlos Magalhães e do mestre-sala Diogo
                Foto:  Site Portela Web
                Lendária sambista pediu mudanças no palco e na entrada do Portelão
                Foto:  Site Portela Web



                  Ricardo Fernandes e Fábio Ricardo prometem mudar cara da Grande Rio

                  Ricardo Fernandes e Fábio Ricardo prometem mudar cara da Grande Rio

                  Com enredo sobre Maricá, escola de Caxias buscará o primeiro título de sua história

                  RAFAEL ARANTES
                  Rio - Mudar para vencer. Esse é o objetivo da Grande Rio que completará 25 anos de fundação em 2014 querendo conquistar o primeiro título de sua história no Grupo Especial. Recém-contratados, o diretor de Carnaval Ricardo Fernandes e o carnavalesco Fábio Ricardo terão a missão de comandar a "virada" da tricolor de Caxias. O enredo é sobre a cidade de Maricá.
                  "Sempre tive este estilo, cobro muito, quero a presença, a dedicação. Estou chegando na Grande Rio para trabalhar com uma cidade. Com 1 milhão de torcedores apaixonados e que, com certeza, estão sedentos por um título para a escola do coração. Cobro mesmo, insisto muito, mas se cada um for aos ensaios, cantar e dançar, fazer o máximo para ajudar, não tem como a escola não fazer um desfile incrível", disse Ricardo, que já foi campeão na Imperatriz, na Vila Isabel e na Unidos da Tijuca.
                  Presidente, carnavalesco, diretores de Carnaval e Harmonia, casal de mestre-sala e porta-bandeira, intérprete e autores da sinopse: equipe da Grande Rio para 2014
                  Foto:  Raphael Azevedo / Agência O Dia
                  "Está tudo muito bacana, tudo acontecendo num caminho muito bom. A escola me recebeu muito bem e isso já é prenúncio de um grande trabalho. Existe um clima muito positivo aqui dentro, estamos todos nos entrosando maravilhosamente bem, as linhas de produção estão fluindo. Hoje, temos carros que já estão na parte das ferragens e em julho teremos todos nossos protótipos reproduzidos. Não tem como não esperar um Carnaval magnífico", completou.
                  Carnavalesco com mais estrutura para trabalhar
                  Na outra extremidade, uma aposta confiante. Após três anos de trabalho na São Clemente, o talentoso Fábio Ricardo chega à Caxias como grande reforço. Fabinho, como é conhecida, revelou satisfação com o bom andamento dos trabalhos.
                  Ricardo Fernandes e Fabinho
                  Foto:  Divulgação
                  "Está sendo muito bom, toda a escola está me abraçando, estão acreditando muito no meu trabalho. Há uma liberdade para desenvolver tudo do meu jeito, toda a liberdade que estão me dando está sendo o mais importante para mim. Quando abraçam suas ideias, confiam no seu trabalho passa a existir toda uma motivação a mais. De outro lado, quando começam a tolir o seu trabalho, impor muitos limites, você começa a parar de produzir e aqui é diferente. Eles estão me deixando muito a vontade, estão me alimentando de ideias". Fabinho terá o grande desafio de criar um desfile mais "leve", com uma proposta mais cultural.
                  Maria Augusta aposta no sucesso
                  Presente na apresentação oficial do enredo da escola, na última terça-feira, a comentarista Maria Augusta Rodrigues também festejou a nova equipe da Grande Rio. Ao analisar as características distintas de Ricardo e Fábio, a veterana fez questão de exaltar e projetar um cenário de sucesso para a tricolor.
                  "Eu acho que é uma aposta sensacional. O Ricardo é um dos melhores no que faz. É um cara experiente e vitorioso, possui características de quem sabe realizar um trabalho de alto nível. De outro lado, temos o Fabinho, que é um talento puro. Sei que aqui ele vai conseguir mostrar todo o seu potencial, ele vai evoluir ainda mais. Essa dupla vai dar trabalho, Caxias vai ficar feliz".
                  Para o Carnaval de 2014, a Grande Rio levará para a Sapucaí o enredo "Olhos verdes sobre o mar, no caminho: Maricá", que retratará a história da cidade da Região dos Lagos com uma visão poética. A cantora Maysa, que teve casa de varaneio no local, será o fio condutor da proposta.


                    Os dez mais malvados de 'Amor à Vida'

                    Os dez mais malvados de 'Amor à Vida'

                    Confira a lista dos piores vilões da novela e saiba o que vem por aí

                    REGINA RITO
                    Rio - Félix (Mateus Solano), de ‘Amor à Vida’, da Globo, não deixa dúvidas de que é manipulador, do tipo mordaz, que mesmo quando elogia está falando uma maldade. Mas, se olharmos bem, outros personagens da trama de Walcyr Carrasco também têm seu lado vilão. Confira a lista dos 10 mais malvados e saiba o que vem por aí.
                    Os dez mais malvados de 'Amor à Vida'
                    Foto:  Divulgação

                    1. CÉSAR (Antonio Fagundes), que já traiu a mulher, Pilar (Susana Vieira). Teve um filho com Edith (Bárbara Paz) e fez um negócio com a ex-garota de programa para se casar com Félix e mascarar que o filho é gay.
                    2. ALINE (Vanessa Giácomo) se faz de apaixonada por César. Já ganhou uma joia e em breve ganhará um carrão.
                    3. LEILA (Fernanda Machado) vira ‘amiga’ de Nicole (Marina Ruy Barbosa) empurra o namorado, Thales (Ricardo Tozzi) para cima da riquinha, que tem uma doença grave, para que ele herde a fortuna dela e lhe dê uma vida boa.
                    4. EDITH, que fará vista grossa ao saber pelo marido, Félix, que ele jogou a sobrinha no lixo.
                    5. TAMARA (Rosamaria Murtinho), mãe de Edith, que a aconselha a ficar com Félix mesmo sabendo que ele é gay. E, mais adiante, se aliará ao genro sugerindo que troque o remédio de Paulinha (Klara Castanho), filha biológica de Paloma (Paolla Oliveira), para que se torne o único herdeiro dos Khoury.
                    6. NINHO (Juliano Cazarré), que já foi preso por tráfico de drogas.
                    7. ALEJANDRA (Maria Maia), que transa com Ninho, e finge ser amiga de Paloma.
                    8. MACIEL (Kiko Pissolato), motorista de Félix, que já causou o acidente para matar Atílio (Luis Mello) e vai tentar outra vez.
                    9. GLAUCE (Leona Cavalli), apaixonada por Bruno (Malvino Salvador), alterou o prontuário do hospital e escreveu que nasceram gêmeos no parto que matou a mulher de Bruno.
                    10. BRUNO, que esconde a verdade sobre Paulinha (Klara Castanho) até Paloma (Paolla Oliveira) fazer o teste de DNA e descobrir que a menina é a filha biológica que perdeu.


                      Rodrigo Faro se transforma em Michael Jackson para celebrar 4 anos de quadro

                      Rodrigo Faro se transforma em Michael Jackson para celebrar 4 anos de quadro

                      Apresentador repete imitação do cantor e interpreta as coreografias de 'Trhiller' e 'Beat It' no 'Dança, gatinho'

                      IG
                      Rio - Rodrigo Faro gravou esta semana mais uma edição do “Dança, gatinho”, onde, a cada edição do programa "O Melhor do Brasil", se transforma em um ícone da música. Desta vez, a transformação teve um gostinho especial: a celebração dos quatro anos do quadro. Para comemorar, o apresentador repetiu a imitação que fez de Michael Jackson. 
                      Apresentador repete imitação do cantor e interpreta as coreografias de 'Trhiller' e 'Beat It' no 'Dança, gatinho'
                      Foto:  Divulgação

                      Rodrigo teve companhia dos bailarinos do musical “Trhiller Live” para interpretar as coreografias de “Trhiller” e “Beat It”. O resultado vai ao ar neste sábado.


                        'Flor do Caribe': Alberto descobre traição e expulsa Ester de casa

                        'Flor do Caribe': Alberto descobre traição e expulsa Ester de casa

                        Vilão descobre que processo de divórcio continua em andamento e fica furioso

                        IG
                        Rio - Alberto (Igor Rickli) descobrirá que Ester (Grazi Massafera) continua levando adiante o processo para se divorciar dele, e furioso, expulsará a mulher de casa, jogando todos os seus pertences na rua. 
                        Alberto descobre traição e expulsa Ester de casa
                        Foto:  Divulgação

                        No capítulo que vai ao ar nesta terça-feira (11), o vilão fica sabendo por meio de um oficial de Justiça que a mãe de Laurinha (Vitoria Lovatel) está querendo se separar pelas suas costas. "Você prosseguiu com o processo de divórcio? Estava se achando muito esperta, né? Quis ficar ao lado da sua filha, manter os filhinhos juntos e armando pra cima de mim! Pode retirar os seus lixos da minha casa e sair daqui: você e o seu filho Samuca, agora!", diz ele, aos berros.
                        Ester tenta se explicar, mas Alberto a agarra pelo braço e a joga no meio da rua junto com Samuca (Vitor Figueiredo). Depois, ele se livra de seus pertences, atirando tudo na calçada. "Achou que ia me passar pra trás e ficar com a Laurinha? Não vai ficar com a sua filha, não. Fora... Aqui você não entra mais! Nem você, nem o filho do outro!", esbraveja o playboy, enquanto Ester chora, desolada na calçada.


                          'Amor à Vida': Paloma chama Pilar de 'brega' e leva um tapa na cara

                          'Amor à Vida': Paloma chama Pilar de 'brega' e leva um tapa na cara

                          As duas têm uma forte discussão após jantar organizado por Félix

                          IG
                          Rio - Pilar (Susana Vieira) e Paloma (Paolla Oliveira) não se entendem muito bem desde os primeiros capítulos de "Amor à Vida", mas agora mãe e filha protagonizarão uma briga quente, com direito a tapa na cara.
                          Paloma chama Pilar de 'brega' e leva um tapão na cara
                          Foto:  Divulgação

                          Tudo começa quando Félix (Mateus Solano) resolve organizar um jantar na mansão dos Khoury para anunciar o noivado da irmã com Bruno (Malvino Salvador). Maléfico, o vilão sabe que sua mãe ficará furiosa com a união de Paloma com um simples corretor de imóveis.
                          A situação fica ainda pior quando Pilar descobre que não foi convidada para o noivado. A socialite começa a discutir com a filha, que responde, dizendo que ela tem atitudes mesquinhas. A tensão só aumenta e a mulher de César (Antônio Fagundes) surta de vez quando Paloma a chama de "brega". Furiosa, ela dá um tapão na cara da pediatra.
                          Félix aparece bem na hora e, falso, coloca panos quentes na situação para sair como "bonzinho". Aflita, Pilar corre para o quarto do marido e desabafa, dizendo que tentou ser uma boa mãe, mas não conseguiu.
                          As cenas vão ao ar no capítulo deste sábado.

                          Elenco de 'Sangue Bom' faz festa em restaurante do Rio

                          Elenco de 'Sangue Bom' faz festa em restaurante do Rio

                          Joaquim Lopes, Jayme Matarazzo, Bruno Garcia, Humberto Carrão, entre outros, curtiram a noite em Jacarepaguá

                          IG
                          Rio - Atores da novela das sete da Globo, "Sangue Bom", se reuniram na noite dessa quinta-feira, em um restaurante em Jacarepaguá, no Rio. E as comemorações contaram com grande parte do elenco masculino: Jayme Matarazzo, Bruno Garcia, Humberto Carrão, Armando Babaioff e Joaquim Lopes, que não estava com a namorada Paolla Oliveira, a intérprete de Paloma em "Amor à Vida".
                          Joaquim Lopes e Armando Babaioff na festa de 'Sangue Bom'
                          Foto:  Anderson Borde / Ag. News
                          Elenco de novela se diverte em festa
                          Foto:  Anderson Borde / Ag. News




                            Wanessa: 'Pelo Marcus, eu já teria feito a capa da Playboy faz tempo'

                            Wanessa: 'Pelo Marcus, eu já teria feito a capa da Playboy faz tempo'

                            De lingerie, cantora posa para a revista e diz que a ideia de ficar nua na publicação não a atrai

                            IG
                            Rio- De lingerie, Wanessa fez um ensaio comportado para a revista Playboy. As fotos estarão na edição da publicação que chega às bancas no dia 11 de junho.
                            De lingerie, Wanessa fez um ensaio comportado para a revista Playboy
                            Foto:  Divulgado

                            Ao que tudo indica, essa será a única maneira de Wanessa aparecer nas páginas da revista masculina, já que não pretende tirar a roupa para nenhuma publicação. Mesmo sendo um dos desejos de Marcus Buaiz, marido da cantora. "Pelo Marcus, eu já teria feito a capa da Playboy faz tempo, mas a ideia de ficar nua em uma revista nunca me atraiu”, afirmou a cantora.